Notícias

Novo BNDES Direto – Médias Empresas


O BNDES lançou nesta sexta-feira, 17, o BNDES Crédito Direto Médias Empresas, produto voltado para empresas de médio porte. A nova linha apoiará investimentos no valor mínimo de R$ 10 milhões, em operações que poderão ser contratadas diretamente com o BNDES. Os recursos podem ser investidos em obras civis, montagens e instalações, móveis e utensílios, máquinas e equipamentos e inovação, dentre outros. O objetivo é induzir ganhos de produtividade, sustentabilidade, competividade e governança nas companhias apoiadas.

Condições – Além poder cobrir até 100% dos Investimentos em obras civis, montagens e instalações, móveis e utensílios, o BNDES Crédito Direto Médias Empresas poderá destinar para capital de giro até 40% do valor contratado. Ou seja: uma operação mínima pode contemplar R$ 6 milhões de recursos para investimentos + R$ 4 milhões para Giro.  

O prazo total de pagamento será de até 120 meses para investimentos (incluindo até 24 meses de carência) e de 48 meses para giro (incluindo até 12 meses de carência). O custo financeiro será a Taxa de Longo Prazo (TLP), mais spread de risco e remuneração básica, que varia de 1,7% ao ano (para investimentos) a 2,1% ao ano (para capital de giro). O Banco apoia a totalidade dos itens financiáveis.

Adequação – O desenho da nova linha de crédito buscou moldar-se à realidade das empresas médias, ao mirar no tipo de investimento que companhias desse porte de fato realizam. Com prazo de utilização mais longo (até 120 meses) e possibilidade de apresentar o detalhamento dos projetos na fase de desembolsos, o produto facilita o alcance do valor mínimo de R$ 10 milhões e dá às companhias grande flexibilidade na elaboração e implementação de seus planos estratégicos.

A Falbo Di Cavalcanti coloca-se à disposição para apoiá-lo sobre suas necessidades de captação de recursos.



Voltar